domingo, 14 de junho de 2009

Língua geográfica

O que é língua geográfica?
É uma lesão que afeta a língua, com o surgimento de placas lisas avermelhadas, levemente elevadas e com bordos esbranquiçados. O aspecto é de um desenho sobre a língua que lembra um mapa geográfico, dando origem ao seu nome. Ocorre em cerca de 1 a 2% da população mundial, podendo ocorrer em qualquer idade, mas com certa predileção por crianças até 6 anos de idade. Não provoca desconforto e nem altera o paladar. Em alguns casos pode surgir ardor com alimentos condimentados ou frutas cítricas. É também chamada de glossite migratória benigna pois as placas podem desaparecer de um local da língua e reaparecer em outro. As lesões podem desaparecer por tempo variável para depois recidivar sem motivo aparente.

A língua geográfica é causada por alergia?

Ainda não se conhece a causa exata da língua geográfica. Observa-se relação com algumas condições, como por exemplo nas crianças alérgicas portadoras de asma, com situações de estresse, na psoríase. Entretanto, ainda não há um fator único estabelecido. Em 1996, dois autores chamados Strassburg et Knolle estudaram a língua geográfica e propuseram seria uma conseqüência de alteração no processo normal de descamação epitelial, ou seja, uma variante fisiológica do processo.

Como é feito o diagnóstico?
Em geral, basta observar o aspecto da língua para fazer o diagnóstico, sendo rara a necessidade de exames adicionais ou de biópsia. A glossite migratória benigna pode durar poucos dias ou permanecer por anos, ficando restrita ao dorso da língua, mas em algumas pessoas pode atingir os bordos ou a base da língua. As lesões podem ser esmaecidas e discretas, mas em algumas pessoas pode ter bordos delimitados e elevados, assustando o paciente. O especialista está apto para confirmar o diagnóstico.

Como tratar?

A língua geográfica é uma doença benigna, limitada e não costuma causar desconforto, sendo na maioria das vezes, limitada e sem gravidade, não havendo necessidade de tratamento.

Fonte

PUBLICIDADE






24 comentários:

Versos de Mãe disse...

Ju!
Tudo bem por aí?
Muito interessante teus últimos posts, essa matéria da língua geográfica, nossa, nunca tinha ouvido falar...e a dica de pipoca no microondas, demais! Vou testar.
E a do colinho da mãe! É uma maravilha, né? Colo de mãe é sempre bom, em qualquer momento.
Que legal que sua história de amor começou pela net! E olha naquela época era mais difícil mesmo né? Até pq o acesso era mais restrito que hoje...em 12 anos muita coisa mudou...e a história de vcs muito especial! Quem disse que o virtual não dá certo?
Nosso frutos estão aí para provar!
Beijos em ti e no Pedro!
Pri

Maria José disse...

Que belo post mais uma bela informação
bjokas

Anônimo disse...

Ola a todos , muito recentemente a minha filha de 6 anos foi diagnosticada com lingua geografica .
ela comecou a queixar0se a uns meses que ao comer alimentos acidos ou quentes que lhe doia a lingua e entao notei as manchas ...
recentemente levei-a ao medico que me disse que era uma condicao benigna e que nao havia tratamento quanto ao que se sabia ninguem sabe quais sao as causas deste problema .
eu como mae custa-me nao poder fazer nada , embora o medico diga que normalmente e indolor ela queixa-se que lhe doi , principalmente no primeiro dia que aparece , isto aparece e desaparece no espaco de semanas .
gostava de saber se ha alguem que conheca esta condicao e se ha algum medicamento ou ate vitaminas que possam ajudar a melhorar .
Obrigado a todos .

ViviCorrêa disse...

oi
sou vivi mae da malu minha filha sempre tem , presquiso sempre sob isso queria tanto saber uma causa .. pq ela tbem reclama muito que doi nos primeiros dias..

ela tem alergia alimentar eu acho que tem algo ligado , mas os medicos falam que nao ..

www.malucontraaalergiaalimentar.blogspot.com

Pensando e Escrevendo disse...

olá, gostei muito da matéria,
meu filho tem, no começo fiquei muito preocupada, mas como aparece derrepente some também.
Parabéns pela matéria.
Raquel

Anônimo disse...

Eu tenho lingua geografica desde novinha hoje tenho 17 e continua,
realmente não se sabe causa nem cura,
mas um remédio que eu tomo quando começa a dor ( porque em mim doí)
é o Micostantin.
Postado: Fernanda Pózes

Anônimo disse...

minha filha tem 6 meses e tem lingua geografica tinha sumido com uso de remedio ela usou nistantina,só que apareceu denovo,ñ faz medo, ñ prejudica ela na idade avançada,mas terei minhas duvídas obrigada!!!!!!!!

CARLA disse...

UFAAA QUE ALIVIO ESTAVA MUITO PREOCUPADA COM A LINGUA DE MEU BEBE POIS ELE TEM 2 ANINHOS O ANO PASSADO COMEÇOU A APARECER ESTAS MANCHAS E MEDICO E DISSE Q ERA ESTOMATITE MAS ELE NÃO TEM NENHUMA REAÇÃO COMO FEBRE AFTA NADA SÓ ESTA MANCHA NA LINGUA Q VAI FORMANDO DEZENHOS E NÃO RECLAMA....GRAÇAS A DEUS PARABENS PELA MATERIA

Anônimo disse...

tirei muitas duvidas mas gostaria de saber se é contagiosa

Anônimo disse...

Minha bebe de 2 anos tem a lingua geografica, fico muito preocupada,os pediatras dizem que não tem nada de mais, que normal, mais estava lendo em algumas resvistas sobre o assunto e vi que as vezes os virus da aids tem podem ocorrer isso, por favor me esplique essa questão .obrigada

Anônimo disse...

Olá a minha filhinha de 1 ano tem essa língua geográfica e fiquei muito assustada quando vi as manchinhas na língua dela!Mas logo que a levei ao pediatra ele me explicou,mas como queria me certificar de que não era nada grave resolvi pesquisar na internet.Gostei muito do artigo e fiquei mais tranquila.

Anônimo disse...

queris tanto saber de um remedio q cure a lingua geografica pois o meu filho de 17 anos tem ela desde bebe pois ele as vezes reclama de dor qiando come alguma coisa acida c vcs solberem de um tratamento ajude-nos por favor b obrigado por essa materia

Anônimo disse...

oi meu filho tambem tem isso nao tem tratamento .

Anônimo disse...

meu filho tambem tem .

Lari*~ disse...

Olá, eu tenho língua geográfica desde que nasci, e raramente me incomoda, mas quando dói é realmente muito desconfortável. Descobri um tratamento com suco de couve com leite, já havia ouvido sobre isso em algum lugar, uma amiga começou a tomar duas vezes ao dia e disse que em poucas semanas já se percebia melhora. O bom é que o suco não é ruim, tem gosto de sorvete de pistache, e estou acreditando que vai dar certo. Espero que ajude sua filha. :)

Patricia Lavigne disse...

OI
Meu filho também tem a língua geografica,desde que nasceu fiquei preocupada mas os médicos me explicaram que é normal.
Gostei muito da materia exclareceu minhas duvidas..

Anônimo disse...

meu filho tem dois anos e esta com lingua geografica a quatro meses. o clinico dize q eu tirace os alimentos citricos e os condimentatos. e uma luta diaria mais eu tento nao deixar ele comer pra nao piorar.

Anônimo disse...

Sou Amanda, tenho 14 anos e desde quando eu nasci tenho a língua geográfica, não me incomoda, é muito raro as vezes coçar a pontinha da língua. Muitas vezes aparecem mapas, já fui no medico, já fiz de tudo e não acaba, mas agora não tem nada não, aprendi a viver com a minha língua sem ligar para isso.

ivani.freddo@hotmail.com disse...

Ola.
Meu esposo e diversos primos tem lingua geográfica e tenho 3 filhos. A mais velha nasceu assim, a do meio não tem e o filho mais novo começou a aparecer aos 10 anos. Nunca me preocupei com isso a não ser pela estética, pois os exames periódicos completos que faço a acada seis meses não acusaram nem uma enfermidade. Para mim e hereditário. Sei de casos de parentes que sofrem muito com isso, pois a ardência e constante e não podendo se alimentar com nada quente.
Fica ai a dica, façam exames e se tranquilizem.
Ivani

daiane colucci disse...

olá! tenho língua geográfica e o desconforto foi além das dores. Isso pq surgiram fissuras na minha língua, o q esteticamente, me incomoda bastante. A minha filha mais velha não tem mas a bebê infelizmente sim. A nistatina não resolve, já que essa doença não tem relação com fungos (a nistatina é uma maravilha no tratamento contra sapinho). A pediatra da minha filha me deu uma informação baseada em pesquisas recentes sobre a língua geográfica. De acordo com os estudos, pode ter relação com a falta de complexo B no organismo...ela me explicou que pode ser até uma deficiência do organismo em absorver esta vitamina. Portanto ela receitou Revitam Junior. Olha amigas, até agora não vi melhoras, pois estou na primeira semana de tratamento. Mas fica a informação para vcs pesquisarem e até perguntarem para os seus médicos. Obrigada pela matéria!!! bjinhos

Anônimo disse...

olá,minha filhinha de 2 anos também tem lingua geografica,fico preocupada pois tenho medo de agravar mais tarde com a idade,mas pesquisei na internet e levei la no pediatra e vi que não é uma doença grave,fiquei um pouco mais tranquila mas passo de vez enquanto nistatina.

Ju mãe de dois disse...

Oi gente, desculpa pela demora em responder os comentários, a partir de agora estarei mais presente no blog. Meu filho que tem lingua geográfica hoje tem 5 anos e parece que houve melhora com o tempo, nunca fez nenhum tratamento e tbém nunca se queixou. Também li sobre deficiência de vitamina B, como disse daiane colucci.

Anônimo disse...

Eu tenho13 anos e os meus pais dizem que eu nasci com a lingua geografica , ate hoje nao teve nenhuma melhora nisso e eu nao consigo entender porque nasci com isso , e muito estranho porque todo lugar q eu entra e que esta falando sofre isso fala que aparece nas crianças depois dos 6 anos . E porque eu nasci com isso ? queria muito saber isso

Yslan Gomes disse...

valew pela informação.